Cosméticos Orgânicos

Produtos livres de:

  • Corantes sintéticos; (Vários classificam se como cancerígenos)
  • Fragrâncias sintéticas; (Vários classificam se como cancerígenos)
  • Polietilenoglicóis (PEGs); Nos cosméticos PEG efeito promotor da penetração, ou seja, a pele é mais permeável aos fármacos, mas também para possíveis toxinas, que, portanto, pode mais facilmente entrar no corpo
  • Quaternários de Amônio; (toxico e irritante, usado especialmente para produtos de cabelo)
  • Conservantes sintéticos (parabenos). Propylparaben und Butylparaben são hoje na Europa proibido para  produtos de menores de 3 anos. Vários estudos mostram diferente riscos para humanos.
  • Derivados do petróleo. (Tampam a pele e não deixam ela mais respirar, a hidratação natural fica bloqueada. Provoca muita alergia, não nutri a pele)
  • Silicones (Silicones obstruirem os poros e glândulas sudoríparas, assim que a pele torna-se frágil. A regeneração natural da pele é impedida por película externa da pele, a pele pode não funcionar. Dermatologistas nao recomendam o uso de cremes de silicone.)
  • Organismos geneticamente modificados

Vantagens de utilizar produtos orgânicos

  • A aparência da pele ao longo prazo fica muita mais jovem!
  • Respeito maior em função da compatibilidade da pele, causando menores processos irritativos ou alérgicos por serem mais receptivos em função das restrições de matérias-primas;
  • Nutrição saudável pelo maior órgão do nosso corpo, a pele. A pele fica intato e consegue produzir a própria hidratação.
  • Óleos naturais orgânicos estão cheio de proantocianidina, que são fortemente antioxidante e anti-inflamatório. Lutam assim contra os radicais livre e evitam rugas. Óleos minerais não tem proantocianidina, como são óleos mortos.
  • Todos produtos estão livre de Organismos geneticamente modificados. As possíveis consequências problemáticas dessa tecnologia ao longo prazo para o corpo estão provavelmente perigosíssimo (próxima folha).
  • Substituição de produtos a base de substâncias sintéticas por naturais com a eficácia e menores efeitos tóxicos;
  • Em sua grande maioria, as matérias-primas são consideradas biodegradáveis e pouco poluentes.